Cincinato | Brasil

Início » Uncategorized » O OVO DA SERPENTE.

O OVO DA SERPENTE.

 

 

“ Os filhos das Trevas são mais hábeis em conseguir seus intentos, do que os filhos da Luz”   Mc 16:8

 

 

 

09122015060716                   download                          

 

 

 

 

O que existe em comum entre o Senador BLAIRO MAGGI, rei da soja, “MOTOSSERRA DE OURO” ( condecoração dada pelo GREENPEACE)  e o dândi  CIRO BATELLI, o “ Mister Las Vegas” da elite deslumbrada do Brasil?

Ambos defendem a Legalização do Jogo no Brasil!

Ciro Batelli, justifica-se: tem toda uma vida ligada ao Jogo de Las Vegas e Atlantic City e há muito faz lobby para implantação de cassinos no país.

E Blairo Maggi, agrônomo bem-sucedido no agrobusiness e na política? Troca de favores com o Planalto?

No ano de 2015, devido ao agravamento da crise econômica, visando aumentar a arrecadação de impostos, abriu-se nos meios políticos, com apoio do governo federal brasileiro, intensa discussão sobre a legalização de jogos de azar, com ampla repercussão na imprensa e sociedade civil.

O lobby para a legalização dos jogos de azar não é novidade e atua pressionando a classe política há mais de duas décadas.  Projeto de Lei do Senado no. 186\2014,  de autoria do Sen. Ciro Nogueira PP-PI, propõe a legalização dos jogos de azar e inclui o jogo do bicho, bingos, caça-níqueis, a abertura de casinos em resorts, além dos sites de aposta na Internet.

Não vou, agora, entrar no mérito dos posicionamentos pró e contra a legalização. Posteriormente, me proponho a dissecar o assunto.

Quero abordar o tema sob a ótica da oportunidade.

Neste momento, a pauta nacional comporta a abordagem deste candente tema?

Imersos numa crise política sem precedentes, numa deterioração da Economia, num processo destrutivo dos valores pátrios, num galopante processo de amarfanhamento da Alma Nacional, a classe política, a sociedade organizada e o povo em geral terão discernimento para decidir sobre algo que hipoteca nosso futuro?

Necessário se faz algumas considerações, baseadas no momento histórico nacional e olhando para nosso vizinho, a Argentina, tecermos algumas ilações

O peronismo K, depois de anos correspondendo ao caráter passional dos hermanos, entrou em processo autofágico, dilacerado pelas diversas correntes peronistas, deixando como resíduo, a famigerada LA CAMPORA, dirigida por Máximo Kischner, filhote da presidenta CRISTINA.

Hoje assume MACRI, opositor do peronismo, com uma pauta indicativa de contrapor-se em todas as frentes e cenários ao bolivarianismo e ao kitchnerismo.

Em seu Plano de Governo, como uma das principais propostas, a criação da Agencia Nacional de Combate ao Crime Organizado.

MACRI, ganhou com pequena margem sobre seu opositor SCIOLI. Além do que ficou em minoria no Senado e nos governos provinciais.

Mas, levando seu plano de combate ao crime organizado, fere de morte seus adversários, mormente Cristina Kischner e su barra brava!

Um indicativo da seriedade de MACRI, é sua indicação para o cargo de Ministra de Seguridad, PATRICIA BULLRICH, que já participou do governo de DE LA RÚA.

MACRI, possui informações de órgãos de inteligência americanos, sobre a relação do narcotráfico com o jogo na Argentina e com a área de petróleo na Argentina e Brasil.

Logo, no país vizinho teremos a equivalente à LAVA JATO, brasileira;

aOperaciónLavadero, deverá mostrar links entre o crime organizado argentino e o brasileiro.

Surpresas, inclusive no meio empresarial brasileiro do ramo de Petróleo e Mineração.

Mais adiante abordaremos este assunto, elencando o que está sendo levantado nos dois países.

Mas vale a reflexão:

Com a criminalização de instâncias políticas partidárias, com o indiciamento criminal de agentes públicos e executivos das maiores empresas nacionais; com a corrupção aplastante; com a suspeição de parte do Judiciário; com a guerra surda entre facções das polícias, é o momento de fortalecermos o CRIME ORGANIZADO?

Não bastam 56.000 brasileiros mortos por ano?

Não basta o descalabro do sistema Penitenciário?

Não basta um índice de reincidência na ordem de 80 % dos apenados?

Não basta sermos hoje o segundo consumidor mundial de drogas?

Não bastam os 180.000 desaparecidos anualmente?

Não basta termos uma polícia que mais mata no mundo?

Não basta termos um Parlamento com mais de 170 parlamentares respondendo criminalmente?

E ainda vêm estes filhos de chocadeira, gente sem nenhum compromisso com o coletivo, com as gerações futuras, defender a oficialização do CRIME ORGANIZADO. Chocando o Ovo da Serpente!

MACRI vai dar o chute inicial, espero que o sigamos, senão, reeditaremos a RÚSSIA  de YELTSIN.  A Rússia dos Oligarcas.

Dos mafiosos.

 

João Carlos Berka

                                                                           Consultor em Segurança

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: