Cincinato | Brasil

Início » Uncategorized » SI VIS PACEM PARA BELLUM OU EM BATALHA NÃO SE LIMPA FUZIL !

SI VIS PACEM PARA BELLUM OU EM BATALHA NÃO SE LIMPA FUZIL !

João Carlos Berka

No ocaso de 2015, mais precisamente,  no dia 28 de dezembro, o Procurador DELTAN DALLAGNOL, coordenador da força-tarefa que atua na OPERAÇÃO LAVA-JATO, deu uma importante entrevista ao Correio Braziliense. No fim da mesma a última pergunta e resposta sintetiza o teor da entrevista e a visão dos integrantes da Operação.

Vejamos,

O que o senhor espera do combate à corrupção para o próximo ano?

– “ É essencial que a sociedade se envolva no combate à corrupção, porque o abuso do poder generalizado num esquema de corrupção de grande escala é o que John Locke no passado chamou de tirania. Devemos ver a corrupção como o mal intenso e extenso que ela é.  A corrupção é um mal devastador. Nós devemos encarar esse monstro como ele é, enfrenta-lo e derrubá-lo.”

Concordo com o Procurador, que em síntese repete o  Juiz  SÉRGIO MORO, o qual prega, à saciedade, a importância do Povo assumir o protagonismo neste embate do BEM contra o MAL.

Há tempos atrás tive um pesadelo: sonhei que o gramado na Esplanada dos Ministérios estava repleto de cupinzeiros.

Acordado, lembrei-me da imagem terrível do pesadelo e lembrei-me as palavras do naturalista francês, Anguste de Saint-Hilaire, que em determinada oportunidade declarou :Ou o Brasil acaba com a saúva, ou a saúva acaba com o Brasil.

O cenário descortinado pela LAVA-JATO, é dantesco.

 Pegou geral: ministros, senadores, deputados, governadores, empresários, executivos, agentes públicos, membros do Judiciário, da Polícia, lobistas, doleiros, religiosos, megaempresas nacionais e estrangeiras. Enfim, cenário de terra arrasada.

Os veículos de comunicação têm alertado para a crise econômica que caminha avassaladora, consumindo empregos, falindo empresas, apertando o cinto de quem pode e desgraçando milhares de famílias que não têm como se defender da condução do país, por iluminados e  mal-intencionados.

A crise política, que coloca o país diante da ingovernabilidade, e  do impasse institucional é precedida pela falência moral da sociedade brasileira. Maus brasileiros e seus associados internacionais conspiram diuturnamente na desconstrução dos valores pátrios, na dissolução dos costumes, na inversão de valores, pregando a anarquia, a desobediência civil indevida, enfim, o laissez-faire, laissez-passer,  ou num contexto mais atualizado e dissimulado, o

“deboismo”.

Esquecem esses aprendizes de feiticeiros, que o povo brasileiro, não é mais bonzinho, gentil. Somos um povo que, sem conflito externo ou guerra civil, mata numa guerra fratricida mais de 60.000 brasileiros por ano.

Essa violência gratuita, exterioriza, em última análise um povo, cuja alma tem sido descuidada, e que tem sido levado em conta somente comoeleitores,  contribuintes e consumidores.

Alvo constante de deveres, com direitos sonegados ou procrastinados.

Porém o tecido social apresenta fadiga material, num esgarçamento da composição das diversas classes e estamentos. Após os aloprados petistas e assemelhados , são todos contra todos.

A seguir três vídeos que mostram que a paciência do “brasileiro bonzinho” chegou ao fim.

  Vídeo sobre povo contra vereadores

 José Dirceu apanhando no Congresso

Lula chamado de Ladrão em público

 Daí para o pau comer solto, não somente, como dizem os fariseus burocratas, pau que dá em Chico, também dá em Francisco, mas um acerto de contas dos explorados e oprimidos, dos enganados e iludidos, com aqueles que lhe traíram solertemente, sonegando o sonho de um porvir alvissareiro, com os demagogos de todos os matizes, com a corja que assenhorou-se do Estado, como se fosse coisa sua.

Estou falando de gente que nunca provou mel, e que quando o fez, lambuzou-se.

Mas não somente estes, mas também de empresários e banqueiros, que numa gula sem igual e total falta de compromisso com o país, genuflectados diante de Mamon, colocaram e colocam o lucro acima de tudo, constituindo-se nos calhordas integrantes do núcleo empresarial do PT.

Junto com estes, intelectuais cooptados pelas benesses do Estado, artistas a soldo, bocas-de-aluguel entre profissionais da imprensa, juristas pagos com cargos, diamantes ou notoriedade.

Todos estão com as barbas de molho. Nem por isso estão inertes ou vencidos.

Por isso, aos brasileiros de boa vontade, patriotas e compromissados com o país, cabe o alerta ,  conclamando todos ao combate renhido aos inimigos de Povo Brasileiro.

Mais do que denúncias, precisamos de uma atitude inquestionável de não aceitação do atual estado de coisas.

Uma atitude e compromisso de ombrearmos com aqueles que integram a primeira linha do combate : a LAVA-JATO.

Não podemos imitar a avestruz, e covardemente, dizermos que o problema do país, é um problema policial.

É problema de todos nós.

Civis e militares. Sem exceção. Sem desculpas. Sem subterfúgios.

A Luta é nossa. Dos brasileiros.

Ou acabamos com a saúva e destruímos os cupinzeiros que rodeiam a Praça dos Três Poderes, ou deixaremos de existir como Nação Livre e Soberana!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: