Cincinato | Brasil

Início » Uncategorized » O Juiz e o Ministro

O Juiz e o Ministro

JC Berka

“O Homem pensa, Deus ri.” Provérbio Judaico.

Ao iniciar minha trajetória profissional, muito jovem, tive um ensinamento de um professor de Informações (antiga denominação para a área de Inteligência): O principal atributo de um homem de Inteligência é a humildade intelectual.
Portanto, aquele que subestima o adversário ou aquele que julga que tudo sabe, está derrotado de antemão.
Nossa civilização incensa a competitividade, o consumismo, a aparência enganosa dos bem-sucedidos e exitosos, lisonjeia poderosos, aplaude ricos e famosos. Com isto gera um modelo para o que quer ser bem-sucedido na sociedade hodierna.
Daí, a busca insensata pelo Ter, que não se restringe aos bens materiais, mas também ao acervo intelectual e cultural que se pode adquirir e armazenar. Desprezo total pelo Ser.
Relega-se a um segundo plano os atributos básicos e inerentes àqueles que foram “criados à imagem e semelhança de Deus”.
Com isto, nos construímos como caricaturas do Onipotente, simulacros que mais se aproximam do Príncipe deste Mundo: o Diabo.
Via de regra, o velho deveria ser sábio, ao passo que o jovem deveria ser impulsivo e açodado. Mas como toda regra tem exceção, a Operação LAVA JATO, tem nos mostrado, que nem sempre é assim. Tomemos o comportamento do Juiz MORO e daquele que está Ministro, EUGÊNIO ARAGÃO.​
Ao reconhecermos o acerto das atitudes do Juiz, sua independência compromissada somente com a Lei e os Interesses Pátrios, sua cautela e sabedoria nos procedimentos, sua performance isenta de vedetismos, devemos, mesmo nesta aridez de bons exemplos de homens públicos, tomar o cuidado de não transformarmos nossa admiração em elogios, pois não ignoramos os malefícios destes para a alma humana. Nenhum ser humano é imune à bajulação, pois esta, mesmo que sopesada pela razão, nos trai pelo inconsciente.
Porém, é inegável que o comportamento do Juiz, merece o aplauso e apoio do povo brasileiro. Mesmo sabedores que a LAVA JATO, não é luta de um homem só, mas de toda uma brilhante equipe e de todos os homens brasileiros, MORO, tem mostrado coragem e desassombro no combate ao crime organizado, mesmo que este tenha como protagonistas os próceres da República e a elite da classe empresarial.
Pela primeira vez, experimentamos a sensação de que a LEI pode e deve ser aplicada a todos.
MORO e a equipe da Polícia Federal, do Ministério Público, da Receita Federal e do Judiciário, estão construindo os alicerces da Pátria Educadora. A verdadeira, não o artifício de marketing de João Santana.

E aquele que está Ministro, que numa definição muito feliz do site “O antagonista”, foi cognominado de Aragão, o breve, erudito, bem preparado intelectualmente, com trajetória no exterior, com imagem de bastião da Lei, sempre apontado como solução para o STF. “Amigo” de Janot, de Gilberto Carvalho.
Vivandeira dos quartéis na atualidade, buscador incessante de contatos na área militar.
Abanando a cauda sempre que abria uma vaga para indicação presidencial, frouxo diante do desacato de Lula, que pediu-lhe uma atitude “de homem”.
EUGÊNIO ARAGÃO, está protagonizando uma novela surreal: sempre se soube que os ratos são os primeiros a abandonar o navio. No caso da Nau dos Insensatos, ao afundar o PT, seu desgoverno e ao afogar a corja que instalou-se nas distintas instâncias do poder, a ratazana pula a bordo.
Faltou-lhe, certamente, dois atributos que sobram a MORO, Sabedoria e Correção.
Insensato, aposta num time que está prestes a ser alijado do poder, com muitos de seus líderes marchando para o sistema carcerário.
Insensato, hostiliza a principal instituição de seu Ministério, ofendendo uma categoria que goza de um apoio popular inédito no país. A Operação LAVA JATO, já supera em importância a OPERAÇÃO MÃOS LIMPAS, da Itália.
Desonesto e cretino, intenta obstaculizar o processo de redenção da política brasileira e um freio às manipulações do crime organizado.
Mas, enquanto ele em sua soberba sabedoria humana, inflada por áulicos que lhe rodeiam, pensa que tudo pode, Deus ri!
Logo será investigado por impropriedade administrativa.
Como alguém que há pouco, estava envolvido com a observância da Legislação Eleitoral e seus procedimentos, pode no mesmo governo ser indicado para Ministro da Justiça. Que isenção era aquela, enquanto estava no TSE?
Pois, bem, dez meses antes da eleições, fui procurado por um aspone de ARAGÃO, com a seguinte demanda: o Sub-procurador, tem dois questionamentos e gostaria de ter tua ajuda:
1. As urnas eleitorais podem ser fraudadas?
2. Como fazer para evitar?
Como não sou expert na área, recomendei uma pessoa de minhas relações, Doutor em Direito e Doutor em Tecnologia da Informação, que além de tudo, ocupa um cargo importante numa carreira de Estado.
Foi feito o contato e esta pessoa esteve com EUGÊNIO ARAGÃO, nas dependências do TSE. No encontro, o interlocutor de ARAGÃO, fez dissertação sobre o tema : fraude nas urnas eletrônicas.
Propôs-lhe medida preventiva, sem ônus, sem licitação e extremamente simples e confiável. ARAGÃO, disse-lhe que entraria em contato. Tempos depois, através de intermediário, disse que não era oportuna a sugestão do especialista.
Então, ficou claro que, sabedor de que estava lidando com o cerne da informação sobre a fraude nas urnas, estava mal-intencionado. Tentava a blindagem do Governo e dos asseclas que manipulariam tecnologicamente os resultados das eleições.
ARAGÃO prevaricou?
Com a palavra a Polícia Federal. Esta mesma que o “católico” adepto do Santo Daime intenta amordaçar e castrar.
MORO é um exemplo saudável para a juventude brasileira e às futuras gerações; ARAGÃO, o bolor que queremos extirpar da vida pública brasileira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: