Cincinato | Brasil

Início » Uncategorized » Pedro Malasartes e o Engodo

Pedro Malasartes e o Engodo

                                                                                                                                                  JC Berka

Aqueles que são oriundos de regiões que tiveram fluxos migratórios açorianos, conhecem um personagem da literatura portuguesa que remonta aos séculos XIII e XIV, mais precisamente no Cancioneiro da Vaticana, Pedro Malasartes.

Amoral, sem caráter, mentiroso, trambiqueiro, sempre aprontando em cima da credulidade e ingenuidade alheia.

Lembra alguém?

É certo que em nossa sociedade pululam Pedros Malasartes. Brotam e crescem com viço, em meio ambiente propício para o vício e a maldade.

Mas ninguém o encarna com tanta propriedade quanto Luis Inácio Lula da Silva, o farsante. Travestido de estadista, de líder político, é a fraude personificada, o estelionato consumado. Muitas vezes ao vê-lo em cena, e observando atentamente sua fisionomia, mímica facial e corporal, nos questionamos se Cesare Lombroso, o criminologista italiano, não tinha razão. Se não existe o criminoso nato. Ao ver Lula, observando-o atentamente, relembrando sua trajetória, somos obrigados, de maneira isenta, dizer que estamos diante do l’ uomo delinquente.

Como Pedro Malazarte, Lula sempre está pronto para o golpe da vez, a mentira acabada, a farsa surreal. Numa de suas melhores performances, ludibriou metade da Nação, impingindo a lorota da “gerentona” , da executiva competente e transformou-a na “mãe do PAC”. Assim, garantiu quem lhe mantivesse o lugar quente para dali a quatro anos.

Não contava com o fato de que sua criatura pudesse ter veleidades pessoais, sonhos de vôos autônomos. Lidando com uma pessoa dotada de personalidade mercurial, Malasartes, digo, Lula, viu-se numa situação extremamente antagônica. Tinha que minar a imagem de Dilma, e ao mesmo tempo fazer uma defesa tíbia do indefensável: o pior governo que este país já teve!

No meio do caminho o imponderável: depois do Mensalão, o país sonhou de que a Justiça teria chegado à estas plagas.

Daí à LAVA JATO, foi um passo. Categorias que até então viviam cabresteadas pelo Governo, ousaram constituir-se em vanguarda e defesa do Estado. Ministério Público, Polícia Federal, Receita Federal, Judiciário, apresentaram uma leva de jovens idealistas e compromissados com o Bem Público, e buscaram exercer seu mister de maneira republicana. LEI PARA TODOS.

Todos nós conhecemos o que decorreu daí e como estão se desenrolando os fatos : prisões, delações premiadas, mais prisões, pedido de impeachment da presidente, meio congresso sob suspeição, grandes empresas e seus executivos na berlinda, povo na rua, defecções da base de apoio do governo, STF fazendo das tripas coração para, mantendo as aparências, retribuir nomeações, tentando invalidar as iniciativas da 13ª. Vara Federal de Curitiba, objetivando desconstruir  Juiz Sergio Moro.

Enfim, o momento do encontro do Brasil com seu Destino.

Se pariremos o Brasil Grande, cumprindo nosso papel no concerto das nações, ou abortaremos os sonhos de toda uma geração, postergando o desenvolvimento e Justiça Social para todos, dependerá de cada um de nós.

Porém, mesmo nos estertores deste governo decadente, Malasartes e sua trupe, não abdicaram de engenho e arte no sentido de criar mais uma empulhação para conduzir a plebe ignara e dar salvo conduto para seus seguidores na trilha criminosa.

Surge, como salvação da lavoura a possibilidade, costurada na penumbra, da “ solução Temer”.

Impedida Dilma, assumiria o herói nacional, o homem que secundado por seu grupo, Renan Calheiros, Eliseu Padilha, Romero Jucá, Eunício Oliveira ( mais parecem os Cavaleiros do Apocalipse) promoveria a reconciliação nacional.

Gente que até hoje esteve acumpliciada com a corja do PT, intenta passar por vestal, pulando fora do barco que afunda.

Gente que locupletou-se, não somente na Petrobrás, mas também no setor elétrico, minerário, transportes, nas agências reguladoras, nos Ministérios e Estatais. Gente que estapeava-se por comandar os melhores orçamentos da União. Gente que por trás, murmurava sobre os acessos psicóticos de Dilma e em público desdobravam-se em mesuras e rapapés à Presidenta.

Temer e catrefa, os novos Salvadores da Pátria?

Gente que ao invés de biografia, ostenta folha-corrida?

Não!

Não é o que queremos e deixaremos passar!

Se este descalabro acontecer, será por pouco tempo, porém seus efeitos serão ainda mais nefastos.

Se Temer chegar a assumir, será por pouco tempo. Será apeado pelos desdobramentos da LAVA JATO; o mesmo para sua turma.

Então a situação será ainda mais traumática.

O caos será total. A classe política estará desmontada.

Será a última arte do arteiro Pedro Malazarte.

O futuro?  A Deus pertence!

E Ele certamente, em sua Misericórdia e Justiça, não deixará impune quem trama contra seu povo, que ludibria os inocentes, quem esbulha os pobres, quem se associa com ricos e poderosos, aumentando o fosso da desigualdade.

Essa gente, que em sua arrogância e prepotência intenta ocupar o lugar de Deus, são ídolos de pés de barro. Serão varridos do cenário que com sua insensatez construíram para infelicidade do povo brasileiro.

Para Pedro Malazarte et caterva, o alerta do jurista italiano, Francesco Carnelutti :

“ As pessoas crêem que o processo penal termina com a condenação, o que não é verdade. As pessoas pensam que a pena termina com a saída do cárcere, o que tampouco é verdade. As pessoas pensam que prisão perpétua é a única pena que se estende por toda a vida: eis outra ilusão. Senão sempre, nove em cada dez vezes a pena jamais termina. Quem pecou está perdido. Cristo perdoa, os homens não”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: