Cincinato | Brasil

Início » Uncategorized » BRASIL O IMPÉRIO DA INSENSATEZ IV

BRASIL O IMPÉRIO DA INSENSATEZ IV

JC Berka

Autor do livro EXECUTIVOS, POLITICOS & BANDIDOS

 

Desintegração e Caos

Assista : O Brasil de Hoje

 

A impressão que se tem é que o país está anestesiado. Passada a indignação com os governos petistas, que levou milhares às ruas, vemos a abulia coletiva. Mesmo com a imprensa torpedeando diuturnamente, mesmo com operações diárias da LAVA JATO, mesmo com prisões de figurões e com a violência aplastante em nossas cidades, mesmo com o custo de vida em disparada, mesmo com a falência total dos serviços públicos, o povo encontra-se em estado catatônico.

Seguramente, nos demos conta de que trocamos seis por meia dúzia. A quadrilha do PT, pela quadrilha dos consorciados no butim do Brasil. Aí incluídos pilantras de todas as siglas partidárias, autoridades do Executivo e Judiciário, banqueiros, empresários e veículos de comunicação. O gnomo TEMER, o velho travestido de novo, usufrutuário de todas as pilantragens dos governos petistas, intenta com parceria de HENRIQUE MEIRELLES, simulacro patético de ser humano, repassar a ideia da Grande Mudança, acenando com reformas realizadas a toque de caixa, e processo criminoso de compra de votos no Congresso.

Falando em Congresso, chegamos ao nível mais baixo em termos de moralidade e ética. Depois do safardana CUNHA, presidente da Câmara, temos EUNÍCIO OLIVEIRA, na presidência do Congresso. Quem em Brasília, medianamente informado, desconhece que é este corrupto? Quem no meio político, ignora sua trajetória e peraltices?

Esta é a medida dos homens que nos representam no Legislativo. Este é o substrato do povo brasileiro. Pobreza e indigência mental, mantém esta corja pontificando nos acordos, conchavos, propinoduto, enfim, tudo, menos em legislar em benefício do povo.

E nosso Judiciário?

Vamos nos ater somente na Suprema Corte.

Como explicamos a presença no cume de nosso Judiciário, figuras como : TOFOLLI, MORAIS, GILMAR MENDES, MARCO AURÉLIO e LEWANDOWSKI? Quem no meio político, empresarial e dentro dos órgãos de Segurança e Inteligência, ignora quem são estes personagens? Como podemos aspirar JUSTIÇA, com estes operadores mercenários?

Irresponsáveis de todos os naipes, pontificam serem nossos problemas de origem econômico-financeira. Que as reformas da Previdência, do Trabalho, Tributária e Política, vão nos conduzir ao Nirvana.

Mentira!  Nossos problemas são de ordem Moral, Ética. De escala de Valores invertida. Mudanças patrocinadas por quem compra voto, e por quem se prostitui na vida política, somente pode engendrar aberrações para obnubilarem corações em mentes. A classe política brasileira, sem exceção, tal o grau de conivência ou omissão com os desmandos governamentais, são filhos de chocadeira. Sem compromisso com as gerações atuais e futuras. Verdadeiros gafanhotos da riqueza brasileira, gente cuja única utilidade é transformar oxigênio em gás carbono.

Mas vejamos um pouco mais além:

Um país que tem 60.000 homicídios por ano; tem 250.000 pessoas desaparecidas anualmente; é o primeiro fornecedor da América Latina de mulheres para o tráfico internacional; segundo maior consumidor de drogas; tem o terceiro lugar em massa carcerária; com ocorrência enorme de estupros e pedofilia; campeão mundial de roubo de cargas; de acordo com a Transparência Internacional, o campeão de corrupção na América Latina, somente perdendo para países africanos, é também o país onde tem crescido a mortalidade infantil e o analfabetismo, que, quase extinto nos governos militares, voltou a crescer exponencialmente.

Um país cujas igrejas, de qualquer denominação, omitem-se, pecaminosamente, ficando do lado dos poderosos, em troca de benesses. Sou cristão, mas tenho vergonha da dita “bancada evangélica, dos pastores televisivos, gente que vende a “prosperidade aqui e agora”, da CNBB, acumpliciada com o Poder, omissa no denunciar o grande pecado social, quando num passado recente, apequenou o Evangelho sob a ótica marxista e foi conivente com os descalabros dos “socialistas sul-americanos”.

Um país, prenhe de repórteres investigativos, de uma mídia expoente em termos de tecnologia, mas que produz, diuturnamente lixo para deseducar e massificar um povo.

Um país, com 400.000 médicos, que se insurgiram com o programa “Mais médicos” e são protagonistas do descalabro da saúde pública, dos planos de saúde privados, do conluio com a indústria químico-farmacêutica, consagrando por omissão ou cumplicidade crimes contra a vida de um povo.

Um país com mais de um milhão de advogados, vive num dos mais injustos países do mundo, onde as estrelas da profissão são coniventes com o crime organizado e lucram como nunca com aqueles que surrupiaram os cofres públicos, consagrando-se num mix de rábula & sofista. Gente cuja inteligência foi colocada a serviço do Mal. Lembremo-nos de MARCIO TOMAZ BASTOS.

Para não me alongar, quero tecer algumas considerações:

Os horizontes plúmbeos já prenunciam uma verdadeira hecatombe brasileira. Sem ser catastrófico ou profeta de uma síndrome do terror, mas racional, afirmo que não sairemos deste grave momento da vida nacional, sem sofrimento. Não existe parto sem dor.

Com o tecido social esgarçado, o organismo contaminado, é impossível a desejada sanidade sem sangria. Agora, finalmente, veremos que o “ jeitinho brasileiro” procrastinador de soluções reais e definitivas, não resolve.

Não somos um povo dócil, amável, não dado a conflitos: basta ver o número de cadáveres que produzimos sem guerra, ou sem cataclismos naturais.

Somos violentos. Somos letais. Matamos por nada. Somos um povo enfermiço.

Aí, as novas “vivandeiras dos quartéis” num assédio constante, buscam agitar a caserna para “salvar o Brasil”.

Diante da escalada violenta do crime, da falência dos serviços públicos, do processo irredutível da corrupção com ou sem LAVA JATO, vamos assumir a guerra não declarada, a guerra assimétrica, já em curso.

Neste contexto, a perplexidade é total: e os militares?

Para quem tem memória ou idade, estamos muito piores do que em 64.

Serão os comandantes militares de hoje, feitos de argamassa distinta dos que os precederam? Seriam os de ontem machos, e os de hoje acovardados? Foram acumpliciados pelas benesses do Poder?

Hoje estão cabrestados por instrumento constitucional? Foram castrados por “comissões da Verdade”, condenações em fóruns internacionais?

Esperam o pedido de socorro da sociedade civil?

O sangue nas ruas ainda é pouco?

Não creio.

Graças a Deus, nossos militares não tem vocação para guarda pretoriana do Poder. Tenho certeza de que todos aqueles que aceitaram fazer parte deste desgoverno TEMER, são os mesmos que repudiavam a corja petista.

Eu, como maioria dos brasileiros lúcidos, não queremos um GOVERNO MILITAR, mas não há possibilidade de enfrentamento da atuais condições adversas, sem o protagonismo militar.

Quero, que a mensagem do estamento militar para a POVO BRASILEIRO, seja a dos espartanos no Desfiladeiro das Termópilas, na Antiga Grécia, quando da defesa de Esparta: a subordinação do Poder Militar ao Poder Civil.

Mas agora, devemos ter coragem de assumir posições.

É imprescindível uma intervenção militar. Temos que evitar uma sangrenta guerra civil.

Umas das primeiras medidas deverá ser o FECHAMENTO DO CONGRESSO.

Uma intervenção no SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.

A busca na comunidade Acadêmica de Profissionais para ajudarem na administração do Brasil de hoje, muito mais complexo que em 64.

A restruturação dos Aparelhos de Estado, de Segurança e Inteligência.

O apoio incondicional à LAVA JATO, como instrumento saneador da sociedade brasileira.

 

Por incúria ou omissão, todos nós, ajudamos a desconstruir este belo país. Cabe um mea-culpa coletivo e a coragem da mudança.

Não podemos ficar alheios ao sofrimento do pobre, do fraco, do desvalido, do infante e do velho.

Senão, valerão as palavras de JOHN DONNE, citado por HEMINGWAY:

“ Não perguntes por quem os sinos dobram, eles dobram por ti!”

 

Assista este vídeo:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: